Amizade não deixa de ser amor

No sábado à noite eu recebi um convite…

Era uma amiga de longas datas, me chamando para eu ir me reunir com ela no domingo e fazer “coisas de amigas”, ou seja, jogar conversas fora, cozinhar e passar o dia vendo filmes e ouvindo músicas. Logo pensei: Por que não?! Melhor do que eu passar o domingo no tédio e sozinha. Em seguida… Eu confirmei : (Irei amiga, amanhã estarei ai com você).

De repente, ela me responde e a mensagem dizia: – Maravilha! Espero-te amanhã, amiga. Escuta… Algum problema se “(…)” vim pra cá também?!

Era um ex- amor… No qual já tinha ultrapassado a casa dos cinco anos em que a gente não se falava. Não por conta de brigas ou desentendimentos… Foram às circunstâncias do tempo mesmo, que nos afastou. Não hesitei na minha resposta e enviei: “Eu não vejo problema algum em estar perto, em falar com uma pessoa na qual nunca me fez mal”. Ela me responde e me manda um: Perfeito!(senti um alívio vindo dela).

Amanheceu o dia, o sol do domingo já batia sobre minha janela… Tratei de me levantar e fui cuidar nas coisas pra sair…

Não levei nem 15 minutos, chego à casa da minha amiga. Ela já me esperava e da varanda gritou: Entre… O portão está aberto!

Ponho o meu primeiro pé na porta e me deparo com a minha amiga sentada e conversando com o meu ex – amor.  Logo sou recebida com dois sorrisos bem estampados e dois abraços bem aconchegantes. Nossa, naquele instante parecia que o tempo não tinha passado. Mas, só “parecia”, o tempo trouxe mudanças que ficaram bem expostas. O corte de cabelo tinha mudado, o modo de se vestir, já não tinha apenas uma “tatto”… (risos).

Aquele momento trouxe um ar de paz, de boas lembranças… Ali não eram duas pessoas estranhas… O papo fluiu naturalmente, e fui notando que algumas coisas continuavam as mesmas, por exemplo, a gargalhada extravagante continuava do mesmo jeitinho, e sem falar da sua bondade e do seu espírito que sempre emitiu calmaria. Meu ex- amor estava tão feliz, contou-me que tinha realizado um dos seus sonhos, que era o de trazer os seus pais para morarem todos juntos. Estava feliz no amor, e na vida.

A cada fim das conversas e início de outros assuntos… A gente trocava sorrisos. Era como se ali naquele instante, a gente se desejasse as melhores coisas do mundo. Eu me sentia tão feliz em poder ver o meu ex- amor tão bem, em poder estar ali sentada de uma forma tão madura e amigável, frente a frente compartilhando as coisas da vida. Logo a tarde se passou, a noite caiu…e continuávamos ali, nós três… Se esbaldando em pipocas com Coca-Cola e mais uma séries de filmes.

Conclusão: A verdadeira amizade estava ali entre nós três, apesar de todo esse tempo… O amor sempre esteve entre nós! Antes de ter sido amor, já tinha amizade e antes de ter amizade, já existia o amor.

Obs: Obrigada pela importância que me dão e por terem colorido o meu domingo. Até daqui o fim, ok?! Amo vocês …

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: