A Música Mais Triste do Ano – Luiz Lins

Amor, quando nosso vinho amargar ou perder o sabor

Quando a maquiagem borrar e as fotos perderem a cor

Tu ainda vai querer me aquecer quando não me restar nem calor?

E quando o cigarro apagar vai ter valido a pena as cinzas e o frescor?

Quando a nossa música tocar, tu ainda vai lembrar do ritmo?

Quando o mundo me machucar, tu ainda vai querer curar minha dor?

Tua voz e tua respiração são meus sons preferidos

Mas quando eu esquecer de viver teu olhar ainda vai me lembrar quem eu sou

Ainda vai querer acordar com meu toque e minha voz no ouvido?

Tua vida ainda vai ter sentido se a nossa for tudo o que te sobrou?

Quando chegar o cansaço meu abraço ainda vai ser teu abrigo

Mas quando a vida acabar ainda vai querer ir pro mesmo lugar onde eu vou?

Ainda vai sorrir quando eu for teu único motivo?

Ainda vai ouvir o que eu digo mesmo quando eu só quiser falar de amor?

Ainda vai tentar me entender quando eu não fizer mais sentido

E ficar comigo quando tiver visto o pior lado de quem eu sou?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: