Noite em claro

Hoje passei a noite em claro, foi tão fácil relembrar-nos.
Fiz tantos esforços para adormecer, tentei abstrair-me, quis silenciar as saudades, os pensamentos.
Mas fui covarde, fui tão covarde.
Tentei de todas as formas ao fechar os olhos, de modo a livrar-me de tais lembranças.
Mas quaisquer que fossem as minhas tentativas, eram fracassadas…
E foi ai que sem ti – (senti) !!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: