Um olhar crítico

Aquelas rosinhas viviam sob uma aflição invisível aos olhares humanos. Todos os que olhavam as viam satisfeitas. Como serventia simples… Apenas para fazer parte de uma decoração de ambiente. Mas, no fundo da sua natureza, escondia uma bravante luta interna e diária em busca de algo que não conhecia. Talvez a de sentir a sutileza de uma liberdade – na qual nunca viveria.

898BF827-F8C9-413B-9629-42114025CC57

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: